CAMPEÃO NACIONAL de Arlequim Português

Espaço dedicado ao Canário Arlequim Português, desde as nossas Criações, ás Exposições e ao Futuro desta jovem Raça.

Telemóvel: 968 094 048 / e-mail: goncaloferreira.canarios@gmail.com

abril 07, 2010

Conceitos Básicos de Genética


"A genética é um estudo dos meios com os quais as espécies se preservam, passando suas características próprias e as diferenças entre pais e filhos, esta na canaricultura baseia-se na presença de características como cor, plumagem, forma, sexo e na probabilidade destas características ocorrerem.

1a Lei de Mendel

Gregor Mendel em 1865, definiu as leis básicas da genética, Mendel estudando o cruzamento de ervilhas, ficou curioso com o seguinte fato: cruzando ervilhas amarelas entre si, só obteve ervilhas amarelas, depois cruzando ervilhas verdes entre si observou que só obteve ervilhas verdes, e por último cruzou ervilhas amarelas verdes só nasceram ervilhas amarelas ou seja geneticamente falando, Mendel conclui que nos genes que determinam a cor das ervilhas o amarelo é dominante e o verde recessivo.

Utilizando a 1a lei de Mendel na canaricultura

Em um acasalamento de canários, onde o macho é amarelo portador de recessivo (genótipo Rr), com uma fęmea branca recessiva (genótipo rr).

Pais: amarelo Portador de recessivo Rr / rr branco recessivo

Probabilidade


Rr – 50% amarelos portadores de recessivo

Rr – 50% brancos recessivo

Herança Ligada ao Sexo

Existe um par de cromossomos responsáveis pelo sexo do indivíduo, nas aves săo representadas por;

ZZ – Machos

ZW – Fęmeas

Herança de Lutinos (olho vermelho ligado ao sexo)

O olho vermelho é um caráter recessivo, portanto só se manifesta em homozigose (indivíduos puros). Representamos o macho lutino por ZlZl pois o gene l que determina a cor vermelha dos olhos que săo ligados ao sexo, ou seja, somente estăo presentes no cromossomo Z, da mesma forma a fęmea lutina será representada por ZlW.

Assim teremos;

ZlZl – macho lutino

ZLZl – macho portador de lutino

ZlW – fęmea lutina

ZLW – fęmea normal

Exemplo: acasalamento de macho portador com fęmea pura.

Pais: ZLZl / Zlw

Filhos:

25% ZLZl –machos portadores

25% ZlZl- machos lutinos

25% ZlW – fęmeas lutinas

25% ZLW – fęmeas normais

Nota: A presença na fęmea do cromossomo W determinante do sexual feminino, a canária é lutina ou normal só o macho poderá ser protador de lutino por ter dois cromossomos sexuais determinantes do sexo masculino.

A herança ligada ao sexo, se aplica também na diluiçăo marfim, canela e em rubinos etc.

Fonte: Revista ARCC-KA-Rio Claro/2001-pp20,
Diego R. Iamonte

Sem comentários:

CAMPEÃO NACIONAL de Arlequim Português

Telm: 968 094 048 / e-mail: goncaloferreira.canarios@gmail.com

Últimas dos Bloggers

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...